O Cenário Político Leonense

A corrida pela Prefeitura já começou a tomar corpo. Muito embora, oficialmente, as convenções só ocorram no mês de junho, os partidos já lançaram seus candidatos à prefeito para a eleição de outubro.
E ao que parece não haverá uma polarização de poderes nessa eleição, havendo uma divisão maior, acirrando ainda mais a disputa pelo voto dos leonenses.
Basicamente, existem três grupos, todos com grandes chances de chegar à Prefeitura:
O PDT foi o primeiro a lançar seu pre-candidato, o Sr. Vilmar Schimitt, que já foi prefeito municipal por outras duas ocasiões.
Embora esteja em meio a muitos escândalos de irregularidades de suas administrações anteriores, Schimitt desponta como o grande favorito nessa eleição. Também é o candidato a ser batido nesse pleito, principalmente pela fraca administração que tem feito seu sucessor, João Quevedo.
A dúvida fica para a composição da chapa. Comentava-se muito na possibilidade de o PSDB indicar o candidato a vice; porém, isso já não parece tão certo e o PSDB poderá tomar outros caminhos, surpreendendo muita gente. Caso não ocorra coligação, o nome da Verª. Jane Gomes surge forte como candidata a vice.
O PT por sua vez tem como expoente, o nome do Ver. Mauro Nolasco. O PT não abria mão de ter candidato a prefeito, por isso, perdeu o apoio do PMDB.
Para compor a chapa com o PT de Nolasco, foi indicado como candidato a vice o Ver. Jeferson Antuarte, do PTB, que até pouco tempo dizia que estava decepcionado com a política, por isso a abandonaria. O PT busca agora apoio de outros partidos.
Já o PMDB segue firme e forte na indicação do Ver. Paulo Ávila como seu candidato. A escolha de Paulo foi técnica, já que havia uma grande possibilidade de coligação com o PT e o PTB, o que não ocorreu.
O PMDB busca apoio de outros partidos, porque muito embora tenha indicado o nome do Ver. Valdeci Lima como vice, não está descartada a possibilidade de coligação, com outro partido indicando o vice. Poderá haver algumas mudanças no cenário político, o que sem dúvidas, seria uma surpresa. Do mesmo modo, alguns partidos de menor porte já demonstraram interesse de apoiar a possível candidatura do PMDB.
Quanto aos demais partidos, PSOL, PP, PSB, não lançaram nenhum nome como possível candidato a prefeito até momento. Sendo assim, são alvos de cobiça dos demais partidos.
Esses são os possíveis prefeituráveis, pode, no entanto, haver alguma mudança, já que oficialmente as convenções ocorrem apenas em junho.

Esclarecimento: Não quis, de maneira nenhuma, traçar nenhum perfil de qualquer candidato nesse texto, até mesmo porque não sou o melhor indicado para isso. O que fiz foi apenas mostrar os possíveis prefeituráveis à comunidade leonense, sem fazer qualquer apelo político.
Numa próxima oportunidade farei uma análise sobre a Câmara de Vereadores.

Atualização:  Na semana passada o PSOL lançou os nomes de Rejane Vieira e de Juliano Vergara como prováveis candidatos a Prefeito e vice do Capão do Leão, entrando de vez na luta pela Prefeitura. Atualizado em 23 de abril.

Comentários

Postar um comentário