Calçamento da Idylio Victoria praticamente pronto

Quem anda pela Rua Idylio Victoria pode notar a diferença. O que um simples calçamento pode fazer com uma localidade, uma via ou até um imóvel: valorizar.
Pelo menos é isso que os moradores esperam ou esperavam, uma valorização de de seus imóveis, e claro, uma casa sem poeiras. 
Na data de hoje estive ali fazendo uma análise do local e constatei várias coisas, algumas não tão boas assim.
Primeiro, cabe salientar que local ficou muito lindo; bonito aos olhos do leigo.
Por esta imagem podemos perceber o quanto melhorou e o quanto ficou bonito

Porém, algumas coisas devem ser ressaltadas: com o calçamento concluído, por que ainda não foi liberado o trânsito na Idylio Victória?
Com essa rua interditada o trânsito na região fica muito complicado. Moradores já estão se moblizando para exigir da prefeitura que libere o trecho já concluído.
No tempo em que estive analisando a obra pude perceber todos os problemas que estão enfrentando os moradores em referência ao trânsito.
Os veículos que antes transitavam pela Idylio Victoria, transitam, na sua maioria, na Rua Eduardo Olindo Sica. Essa via não comporta o trânsito pesado, principalmente de caminhões. E isso sem contar os riscos que muitos correm em virtude do trem. A via também não está bem sinalizada e está escura, o que aumenta ainda mais os riscos. Sem contar com a polvadeira que trânsito ali produz.
Do mesmo modo, a Rua Lourival José Xavier é muito estreita para tanto trânsito, principalmente de ônibus. Quando um veículo passa, outro deve ficar esperando.
Rua Lourival Xavier não comporta trânsito de grandes veículos
Um outro problema, esse sim de certa magnitude, que eu percebi é o piso cedendo em várias partes do trecho.
Eu não sei se o pessoal da prefeitura ou quem está fazendo a obra percebeu isso. Mas em vários pontos existem desníveis de pista. Alguns desníveis são tão grandes que até parece que o trânsito ocorre há vários anos.
Um dos pontos mais críticos, sem sombras de dúvidas, é o que fica em frente à Escola Barão de Arroio Grande. Ali praticamente existe uma cratera.
Outra questão que me intrigou foram os postes de energia eletrica que ficaram dentro da pista. O que teria ocorrido? Não coseguiram com que a CEEE retirasse os postes ou faltou algum planejamento? Fiquei curioso!
Nesse ponto o piso cedeu muito. Repare os postes no meio da pista

Comentários

  1. Gostei do seu Blog, vou começar a ler diariamente.
    Agora, nesta foto em particular, descordo do Sr. em ficar "curioso". Esta foto é a prova de um descaso que já acontece de muito em todos os governos. Falta de planejamento, de projetos corretos, de fiscalização dos órgãos competentes, e assim vai. Como que secretarias de trânsito, obras..., podem concluir uma obra, apesar de não ter liberado o trafego, com postes de energia elétrica no meio da rua? Os veículos terão que desviar dos postes? E o calçamento sedendo? O que os gestores poderão dizer a esse respeito?
    Isso na minha opinião é de se Indignar!

    Abraço!
    Silvio Brum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu amigo, bem vindo ao nosso blog. Fique a vontade para comentar e dar sugestões.
      Apenas quero esclarecer que quando disse que estava curioso, estava sendo irônico! É claro que tem razão a sua coloação, isso é fruto de um mal planejamento, sem sombra de dúvidas!!
      Um forte abraço!
      Jesus Madeira, editor

      Excluir

Postar um comentário