Irregularidades no Processo Seletivo para Estágios da Prefeitura

Infelizmente mais uma vez a administração deu motivos para que esse blog falasse dela. O motivo dessa vez é a seleção dos estagiários da prefeitura. Um processo pairado nas dúvidas de sua idoneidade e fruto de muitas reclamações por parte de quem participou do certame.
Muitos participantges me precuraram e me relataram supostos vazamentos de questões e favorarecimentos a alguns concorrentes.
A primeira questão relatada por eles, era a disposição de partes da prova na internet. Segundo relatos, a empresa contratada, a Eccos, utilizou questões tiradas da internet, de outras provas realizadas por instituições de ensino. Esse blogueiro fez uma pesquisa e relatou algo ainda mais assustador: mais da metade da prova foi tirada de uma única apostila encontrada na WEB; todas as questões de Português, de História e Geografia. A apostila encontra-se armazenada em um saite de compartilhamento de arquivos, o scribd. Será que havia a intenção de beneficiar alguém ou algum grupo específico? Essa pergunta eu peço a todos os participantes peçam para o Bira, secretário de Administração, responda terça-feira, na Câmara.
Mas que há favorecimento de alguém, disso ninguém tem dúvidas. Enquanto esperava a entrada na sala do Colegio Elberto Madruga, uma das concorrentes, que não quer se identificar, ouviu uma outra concorrente comentar com uma colega que recebera uma mensagem SMS, para que estudasse as datas do município, primeiro prefeito e número de habitantes, justamente as três últimas questões da prova. 
Ainda, trabalhavam como fiscais de provas, estagiários da Prefeitura, o indica ainda mais algum favorecimento de gente ligada a atual administração. O que é totalmente imoral.
Ora, uma prova com muitos indicios de fraude, não resta outra alternativa, senão anular. O certame perdeu toda a credibildide e tem não sentido seu prosseguimento. Para corroborar com o que estou dizendo, vou colocar a prova aplicada pela Eccos e trechos tirados de uma apostila que eu achei na internet.
Essa é a primeira página da prova da Prefeitura (clique na imagem p/ aumentar)

Espelho da apostila tirada da internet.

Segunda pagina da prova da Prefeitura
Nesse espelho mais de uma questão coincidente.
Opinião: Tudo começou errado. E tudo que começa errado, termina errado. O primeiro erro foi na divulgação do certame. Houve pouca divulgação. Foi colocado apenas em jornal de pequena circulação no município, o Diario da Manhã. Parecia até que estavam reservando vagas. Depois foi a questão das inscrições. Primeiramente apenas em Pelotas (sabe-se lá por que). Depois alguém foi lá trouxe duas centenas de fichas e começou a inscrever por conta própria. Para piorar a situação, até dois dias antes da realização das provas pouca gente sequer sabia quando e onde era. Mais um problema de divulgação.
Para finalizar, esse suposto vazamento de questões da prova e favorecimento de parentes e correligionários.
Um certame deste não tem credibilidade nenhuma. Deve ser de fato anulado e novo concurso ser feito, com todos os trâmites legais respeitados, começando com a escolha de uma empresa idônea para aplicar as provas, porque se fosse só copiar e colar da internet, não precisaria de nenhuma empresa especializada.
Por outro lado, todos aqueles que de alguma forma se sentiram prejudicados, podem recorrer as vias legais e pedir, inclusive a anulação da prova. Está na cara que houve uma tentativa de fraude para favorecer A ou B. Prova disso é a colocação de questões iguais às encontradas em uma única apostila colocada na internet. Não seria coincidência.
Por isso, a opinião desse blogueiro é pela anulação da prova com realização de novo processo seletivo. 
Terça-feira próxima o Secretario Bira irá à Câmara deVereadores e dará as explicações sobre a prova. É hora de se organizar e ir em caravana nesse dia e exigir do mesmo uma explicação plausível, sob pena de levar o caso ao Ministério Público Estadual. Terça-feira, a sessão começa às 15 horas. Todos os envolvidos ou prejudicados devem comparecer e exigir seus direitos. Se alguem quiser tirar a prova do que estou falando, vai em http://pt.scribd.com/doc/78909907/APOSTILAS, e tira a prova. Mas vai rápido porque pode ser excluída.

Comentários

Postar um comentário