Caos na saúde

Infelizmente não me furtarei de esrever algumas linhas sobre a nossa saúde no município. Sei que não é uma época boa para se criticar, porém, não resta outra alternativa.
Estamos passando por um período de calamidade na nossa saúde, e não sou eu quem estou dizendo. As pessoas na rua reclamam, postam fotos nas redes sociais, etc. Realmente estamos vivendo um caos.
Se por um lado é verdade que se tem feito algum investimento nesse setor, como a construção do Pronto Atendimento, por exemplo, é verdade também que apenas um pronto socorro novo não resolverá.  O problema da saúde pública em nosso município é estrutural, não de espaço físico. De nada adiantará ter um prédio bonito, se falta médico. De nada adianta se não houver uma estrutura mínima, seja de equipamento ou de pessoal. Nosso postos não possuem condições nem de atender casos simples e sem complexidade.
Certa vez acompanhaei uma pessoa junto à Farmácia Municipal para pegar determinado medicamento. Quando o paciente apresentou a receita médica para a retirada, o mesmo não pode ser entregue porque a letra da médica não era legível e não havia nenhum farmacêutico ou um responsável pelo setor que pudesse atender a tarefa. Estavam no local apenas dois rapazinhos que deveriam ter no máximo 16 anos de idade. Eram estagiários da Farmácia. Perguntei sobre o responsável, o rapaz respondeu que havia saido e que não demoraria. Só que demorou.
Tudo bem colocar estagiários, mas não podem ser responsabilizados por atos de tamanha grandiosidade. Ainda, devem ter acompanhamento de um profissional, ainda mais na área da saúde. E se, por ventura entregasse um medicamento errado? E isso que nem era falta de medicamentos, pois esses havia na Farmácia. Era falta de pessoal capacitado.
Outro problema foi enfrentado hoje. De manhã cedo estive no posto central, junto à Praça João Gomes. Muitas mulheres tiveram que ir embora porque não havia atendimento de ginecologista. Ora, um serviço básico de saúde da mulher! E isso que o atendimento é uma vez por semana. Vão ter que esperar até semana que vem ou procurar outra unidade, se houver atendimento. E isso sem contar que muita gente tem que levantar cedo, pedir folga no trabalho, entre outras coisas, para chegar lá e não haver atendiemento. Mas havia um aviso vão dizer alguns. Havia um pedaço de papel colado na porta, que com aquela escuridão ninguém viu. E depois dizem que estamos no futuro. Mas as pessoas de nossa comunidade continuam sem atendiemento médico básico!
A saúde deve ser a principal meta do próximo governo do Capão do Leão, seja ele quem for! Assim não dá mais.

Comentários

  1. É meu amigo... a saúde está de mal a pior! Aqui no posto 3, só para o amigo ter conhecimento, não tem como um trabalhador, contribuinte do INSS, marcar uma consulta. Veja o porque na minha opinião: as fichas começam a ser distribuídas as 16:00h, neste horário o trabalhador ainda está na labuta, quando o mesmo sai do serviço, por volta das 18:00h não tem mais fichas, assim, de que forma um trabalhador vai ao médico?
    Fiz essa pergunta a Secretaria de Saúde via e-mail, mas não tive resposta.
    É um descaso com todos!!!!

    ResponderExcluir
  2. bom já que vc deve ser mais um politico que tem solução para tudo, me diga oque tem que ser feito para melhorar na saúde em nosso município? tente lembrar como era saúde em nosso município antes da administração do PDT? procure lembrar também que é estes que estão no governo hoje que pagaram 6 milhões de divida deixada por seu partido PMDB, pagou 4 meses de atraso da folha de pagamento deixando os funcionários 4 meses sem pagamento. acho que todos lembram dos panelaço.isso foi a passagem do PMDB por nosso cidade.agora vem querer dizer que tem a solução. sera?????

    ResponderExcluir
  3. Olá Vagner devia fundamentar mais tuas colocações!
    Se te lembrares bem das administrações do PMDB vai notar que estás um pouco perdido.
    Veja bem, o PMDB cometeu sim erros durante sua administração, assim como todas as administrações cometeram, mas vamos deixar claro que o PMDB administrou Capão do Leão numa época em que se tinha que construir uma estrutura de Cidade, pois até então eramos apenas distrito!
    Você pode pesquisar, a grande maioria de Postos de Saúde foram criados no governo do PMDB, o Pronto atendimento atual foi no Mandato do PMDB, a estruturação básica para um atendimento de saúde foi todo construído no mandato do PMDB, talvez por tantos investimentos que fizemos para melhorar a qualidade do atendimento viemos a criar uma dívida, porém prestamos estruturamos um então distrito em Cidade! Se fundamente mais em fatos antes de falar algumas coisa!!Forte e fraternal abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário