Governo vai desonerar de PIS/Cofins o transporte público, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou nesta quinta-feira (23) que o governo decidiu zerar as alíquotas do PIS e da Cofins para as tarifas de transporte coletivo, incluindo ônibus, trem e metrô.A isenção será publicada por meio de uma Medida Provisória. As alíquotas do PIS e da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) incidentes sobre o transporte coletivo urbano somam 3,65%. 
O PIS/Cofins integra a planilha de custos das empresas de transporte coletivo e é considerado nos cálculos que definem os reajustes das tarifas. A desoneração deve reduzir o tributo a zero e valerá para todo o país.

A pergunta que eu faço é  se as empresas de transporte público coletivo que fazem a linha Pelotas/Capão do Leão vão aplicar essa isenção e diminuirão as tarifas. Se a medida for colocada em prática, a passagem poderá ter decréscimo de até R$0,10 (dez centavos).
A decisão valerá a partir do mês de junho. Na hora de aumentar eles fizeram maior esforço, esperemos o mesmo empenho agora.

Com informações do G1

Comentários