Em dia de protesto, cidade sem ônibus

Desrespeito? Retaliação? Falta de bom senso? Qualquer nome serve se for para dizer o que aconteceu ontem com muita gente que precisava usar o transporte coletivo para se locomover, no momento em ocorria  uma manifestação no centro de Pelotas.
A pretexto de se protegerem contra atos de vandalismo, as empresas que fazem o transporte coletivo, praticamente zeraram sua frota horas antes da manifestação começar. Muita gente, principalmente trabalhadores, ficaram prejudicados na hora de retornar para seus lares. Há uma informação de que no mínimo cinquenta pessoas ficaram isoladas no centro de Pelotas, esperando o ônibus.
Para alívio dos usuários, a empresa Bosembecker colocou três ônibus à disposição deles. No entanto, a empresa Santa Silvana se mostrou insensível a este fato. Lamentável. 
Mais uma demonstração de insensibilidade por parte dessas empresas. Um verdadeiro desserviço. Uma retaliação idiota que só faz aumentar o desejo de mudanças no transporte público.
Não fui à manifestação, mas até onde sei, ela se concentrou próximo ao Mercado Público e à Prefeitura, locais onde sequer há linhas de ônibus; passou pela Osorio e Deodoro, mas nenhum ônibus foi depredado. Podemos concluir, então, o que houve mesmo foi retaliação. E isso dói mais do que ver meia dúzia de ônibus quebrados!
Só espero que esse fato seja apurado pelos órgãos fiscalizadores (AGERGS e Metroplan) e as empresas sejam punidas, de verdade.

* Texto corrigido às 13h55min

Comentários