Médicos: déficit do Capão do Leão é de 10 médicos

Hoje por volta do meio-dia muitos leonenses foram pegos de surpresa: o vice-prefeito em entrevista ao programa Jornal do Almoço da RBSTV falou sobre a necessidade de novos médicos em nosso município. No entanto, não soube quantificar o número de médicos necessários para suprir nossas necessidades.
Ramalho participou de um programa especial que tratava da vinda de médicos estrangeiros para atuar em nosso país. E por ser médico sua opinião valia muito. Porém não saber a quantidade de médicos necessários causou uma certa revolta nas redes sociais.

O Diário Leonense procurou o Prefeito Cláudio Vitoria, que esclareceu a situação. Segundo Vitória, o município do Capão do Leão necessita hoje, de no mínimo, 10 médicos; sendo 8 para atender no Pronto Atendimento e 2 para atendimento noturno no Jardim América.
Segundo Vitória ainda, esse déficit no número de médicos se dá pela dificuldade de contratar.
"Quando se abre um concurso ninguém se inscreve, e quando isso ocorre, os médicos ficam um pouco e pedem exoneração.
Sobre os valores pagos por RPA, antes se pagava R$ 35,00 a hora para médico sem concurso; hoje, se paga cerca de R$ 80,00, mas mesmo assim não existem médicos interessados", conclui.

Levando essas considerações, o prefeito Cláudio Vitória e sua equipe são favoráveis a vinda de médicos estrangeiros. Por isso não se espantem que daqui alguns meses, quando consultarmos, tenhamos que "hablar" ao invés de falar.

Comentários