Prefeitura trabalha na nova planta imobiliária

Foto: divulgação
Cumprir determinações do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que apontou defasagem de cerca de 80% no valor venal dos imóveis do município. No entendimento do TCE, a desatualização, significa evasão de receitas municipais. Com isso, a prefeitura leonense está trabalhando no sentido de modernizar o sistema de arrecadação tributária a fim de atualizar a planta imobiliária municipal. Os estudos já começaram, com reuniões de trabalho para discutir a melhor forma de aplicação dos novos cálculos para a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano(IPTU).
A primeira reunião ocorreu na segunda-feira (foto) e os técnicos da prefeitura acreditam que esse é o primeiro passo para a adequação às exigências do Tribunal. 
Em princípio, não há previsão de tempo para que se inicie a atualização da nova planta de valores. A perspectiva, no entanto, é no máximo em um ano. Antes, a Secretaria Municipal de Finanças e o Serviço de Rendas - Cadastro Imobiliário - deverão elaborar projeto com a nova planta de valores imobiliários e enviá-los para aprovação pela Câmara Municipal.

Assessoria de Imprensa


Não deixe de votar na nossa enquete ao lado. Avalie a administração municipal e a câmara de vereadores. Dê o seu voto. É secreto!

Comentários