Sinoê mantém a mística da camisa 12

Foi muito triste quando, no segundo semestre de 2012, o atleta leonense ficou de fora do Mundial de Futsal. O motivo: lesão. À época na ACBF, ele estava voando. Isso não esmoreceu sua carreira: numa ascenção, foi contratado como estrela pela ADC Intelli (que já tinha Falcão), continuando a fazer gols espetaculares. Lesionou de novo, mas, dessa vez, recuperou-se, e ganhou uma convocação para a Seleção Brasileira, um ano após ter vestido a amarelinha pela última vez.
Com a benção do melhor do mundo Falcão, o pivô
 da Intelli prova que não pode ficar de fora da Seleção Brasileira
Foto: divulgação
A responsabilidade não era pouca: assumiu a camisa 12, intocável, de Falcão. E com a benção do melhor do mundo. No dia 01 de agosto de 2013, ajudou na goleada contra o Bélgica, em São Luís/MA, por 6x1, no Desafio Internacional Correios de Futsal. Mas foi no dia 04 de agosto de 2013, em Fortaleza/CE, que ele arrebentou.
De largada, foi escalado como titular. Depois, mostrou muita movimentação, principalmente aqueles "giros" no adversário. Por último, os dois gols. No primeiro, Grilo recebeu pela esquerda, driblou o marcador e tocou para Sinoê, com categoria, fazer o segundo do Brasil, aos dezesseis minutos do primeiro tempo. No segundo tento, ele tocou na saída do goleiro para fazer o quarto gol do Brasil, no início da etapa final. O resultado da partida ficou em 5x1 para o Brasil.
O próximo jogo de Sinoê será pela ADC Intelli, dia 07 de agosto de 2013, contra o Copagril, pela Liga Futsal.

Fonte e texto: www.acheaquitche.com

Comentários