Mais sobre o transporte público

Os usuários da linha Pelotas x Capão do Leão ainda estão esperando a redução no valor da passagem do transporte público. 
No início desse mês a AGERGS definiu que as tarifas do transporte público, da região da AUSul (Aglomeração Urbana do Sul), que inclui, dentre outros municípios, Pelotas e Capão do Leão, tivesse uma redução de 3,17%. No entanto, até a presente data, nada de novo nos valores praticados pelas empresas concessionárias. 

Novo traçado do ônibus prejudica passageiro
Desde que começaram as obras na rótula de acesso à Avenida Duque de Caxias, pela BR 392, os ônibus que fazem a linha Capão do Leão x Pelotas x Jardim América, modificaram o trajeto, passando pela Rua Cidade de Rio Pardo, BR 116 e Cidade de Lisboa. 
Porém, essa situação tem incomodado muitos passageiros que precisam ir até o fim do Jardim América, na Cosulati, ou descer no início da Duque de Caxias. A distância entre a Cidade de Rio Pardo e a entrada da Eliseu Maciel, que dá acesso ao Campus da UFPel, por exemplo, é muito grande para ser percorrida a pé. E se formos considerar até a Cosulati, aí já se torna desumano. Muitos funcionários da cooperativa têm reclamado dessa situação, tendo que a empresa colocar veículo a disposição de seus colaboradores. Não podemos esquecer que nessa indústria trabalham cerca de 300 pessoas.
Essa situação, inclusive, já foi motivo de reunião de uma comitiva leonense com a Metroplan, em Porto Alegre, que prometeu solução. Mas como a Metroplan trabalha a passos de tartaruga, até agora, resolução dos problemas, nada!
As empresas vão alegar que não é culpa delas. Tal situação foi criada pelas obras na BR. É verdade. Mas poderiam ter sensibilidade, e mesmo que atrasasse cinco minutos, deveriam ir atá a Cosulati e retornar, mesmo que fosse apenas nos horários de pico. Aí contemplaria todo mundo e ficariam todos satisfeitos. Porque não é só cobrar a tarifa e encher o ônibus. A empresa tem sua função social e deve cumpri-la.  

Comentários

  1. Além disso, deveriam cumprir com a legislação de transito também, pois para cumprir horário estão andando acima da velocidade permitida. Alguém tem que fiscalizar isso!

    ResponderExcluir

Postar um comentário