R$ 90 mil para reformar o novo Pronto Atendimento

A Prefeitura de Capão do Leão enviou um projeto à Câmara para aprovação de dotação orçamentária no valor de R$ 90 mil para reformar o novo Pronto Atendimento. 
Não! Você não está lendo nada errado! A verba é mesmo para fazer algumas reformas no prédio, considerado novo, entregue e aceito pela administração municipal como pronto, mas que precisa de algumas "reforminhas".
Este editor, por várias vezes, alertou que essa possibilidade era bem imaginável! Disse por diversas vezes que quando fossem inaugurar o novo PA seria necessário uma reforma. E basta dar uma olhada na construção que o leitor se dará conta que sem isso, a inauguração será impossível.
Mas de quem é a culpa? Da construtora, da Prefeitura, dos vereadores? 
Todos têm uma parcela de culpa. A construtora, que fez um serviço de baixa qualidade; a prefeitura, através de seu departamento fiscalizador, que não foi capaz de ver que a obra estava sendo mal feita e ainda, a recebeu como concluída. Aliás, várias obras foram recebidas como prontas e depois tiveram que ser refeitas. Quem não lembra do caso da Idylio Victoria, o absurdo que foi, onde o secretário de obras na época fez o mea-culpa e reconheceu que faltou fiscalização? O secretário das duas obras era o mesmo! Até os vereadores foram culpados porque não fizeram o papel de fiscalizar o prefeito, o que ele estava fazendo com as verbas recebidas do Governo Federal. 
Agora são mais R$ 90 mil que poderiam ser usados em outras coisas, que servirão para tapar um buraco deixado por alguém. E o culpado tem que aparecer e ser responsabilizado por tamanha imprudência!

Comentários