CPI dos Táxis: comissão processante é instaurada

Não está nada fácil a vida do prefeito Cláudio Vitória. Nem foi julgado ainda na comissão processante que o acusa de não responder os pedidos de informação dentro do prazo e por irregularidades na aquisição de imóveis por parentes próximos, já terá que responder por outro processo na Câmara.
Essa semana foi instaurada uma comissão processante para averiguar e julgar o prefeito pelas irregularidades apontadas pela CPI dos Táxis.
A Comissão foi aprovada por unanimidade pela Casa. Fazem parte da Comissão os Vereadores Marco Aurelio, como relator, Jane Gomes, como secretária e Fernando Enfermeiro, como presidente.  

Comentários