Vereador Miranda estaria insatisfeito com o PTB

Quem já ouviu alguma vez a fala do vereador Aílton Miranda (PTB) na Tribuna da Câmara de Vereadores do Capão do Leão deve ter notado um "ar de insatisfação" com o seu partido em âmbito estadual. 
E não é de hoje essa insatisfação.
Esse editor, por exemplo, em mais de uma vez ouviu o grande desprezo que o vereador tem com seus deputados estaduais e federais, principalmente Sperotto, Santini e Lara, defendidos por seus colegas de partido,  Emerson Brito e Fernando Enfermeiro. Por outro lado, há muito tempo, vem defendendo alguns políticos do Partido dos Trabalhadores, o que causa um constrangimento ainda maior com a liderança de seu partido em âmbito local.
Na rua corre o boato que sua saída do PTB é eminente. Seu destino seria o mesmo do ver. Chiquinho Silveira (PDT), o REDE Sustentabilidade, partido criado pela ex-candidata à presidência, Marina Silva. Mas pelo menos por enquanto, isso não passa de um boato.
Será que o ver. Miranda não está forçando uma expulsão? Porque só assim estaria livre para se filiar em qualquer partido.   
Na sessão do dia 9 de outubro, quando o vereador reconheceu publicamente ter feito campanha para candidato de outro partido, o líder do PTB na Câmara, ver. Fernando Enfermeiro pediu uma reunião urgente e que o caso fosse levado ao Conselho de Ética do partido. 
É sinal que em 2015 teremos uma composição partidária na Câmara muito distinta da que vemos hoje. 

Veja o vídeo com a fala do ver. Miranda e a resposta do líder da bancada.
video

Comentários