Município suspende licença da PAV-SOLO

Devido ao grande número de detonações que têm trazido enormes prejuízos e assustado a comunidade leonense, a Defesa Civil e o Departamento de Meio Ambiente decidiram suspender a autorização que a empresa PAV-SOLO tinha para detonação e exploração de pedra dentro do município.
A decisão foi tomada depois de uma detonação na última quinta-feira que assustou toda a cidade, sendo que o barulho e os tremores foram sentidos a quilômetros de distância.
Segundo o coordenador da Defesa Civil Francisco Adilson, vários moradores relataram problemas estruturais nas construções após a explosão. O caso está sendo analisado.
A decisão de suspender a licença foi tomada na sexta-feira em reunião com o Prefeito Cláudio Vitória, o coordenador da Defesa Civil, Francisco Adilson, o diretor do departamento de Meio Ambiente, Leandro Hamm e o vereador Helio Bicca.
A suspensão vai até que os motivos do excesso de carga sejam explicados. Até o momento a empresa não se manifestou sobre o caso.

Comentários