Feira de artesanato movimentará o mês de setembro

A 32ª Exposição de Artesanato do Rio Grande do Sul (Expoargs) reunirá 182 artesãos de 53 municípios gaúchos, de 29 de agosto a 6 de setembro de 2015, das 9h às 20h, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Do total de artesão 33 participam pela primeira vez da exposição. Entre as peças que serão expostas e comercializadas no evento estão cuias, mateiras, facas artesanais, tecelagem e produtos em couro. A maior feira de artesanato gaúcho é realizada, anualmente, simultaneamente à Expointer (Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários) pelo Programa Gaúcho do Artesanato (PGA).
Mais de 800 artesãos participaram do processo de seleção que aconteceu em maio, nas Agências FGTAS/Sine de Novo Hamburgo, Osório, Caxias do Sul, Passo Fundo, Santo Ângelo, Santana do Livramento, Caçapava e Pelotas. Em Porto Alegre, na Casa do Artesão, foram 240 artesãos inscritos na triagem dos produtos artesanais.  Os critérios para seleção das peças para exposição e venda na Expoargs foi à porcentagem do trabalho manual, a matéria-prima, o conhecimento da técnica, a personalidade no estilo e critério no desenho, a estética, o produto final, os aspectos de destaque.
Segundo Juarez Santinon, presidente da FGTAS, a expectativa é de uma feira com produtos de qualidade. O papel da Fundação é desenvolver as políticas públicas de artesanato, com o objetivo de valorizar o artesão e o produto por ele produzido.
Desenvolvido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), órgão vinculado à Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social do Rio Grande do Sul (STDS), o Programa Gaúcho do Artesanato (PGA) incentiva a profissionalização e fomenta a atividade artesanal com políticas de formação, qualificação e apoio à comercialização. É responsável pela emissão da Carteira de Artesão, que viabiliza a isenção de ICMS para a circulação de produtos, a emissão de notas fiscais e a exportação de produtos como pessoa física, além da participação de exposições e feiras para comercialização dos produtos.

Texto: assessoria de imprensa FGTAS

Comentários