Povo de Umbanda quer que Santuário seja Patrimônio Cultural

Aconteceu ontem, dia 16 de setembro, em Capão do Leão, um protesto de apoio ao sr. Índio Ubiratan Souza (Birinha) para que seja mantido o Santuário de Xangô, que fica no Cerro do Estado, e que foi idealizado através de um sonho dele com o Orixá.
O manifesto contou com o apoio de quase 70 pessoas que se concentraram na Praça João Gomes e após seguiram em caminhada até o Gabinete do Prefeito, onde o líder do Executivo Municipal, Prefeito Cláudio Vitória, recebeu uma comissão composta por Índio Ubiratan Souza, Rita de Oxalá, Maria de Xangô, Sacerdotisa Michele Mancini, Salate Souza e o Ministro e Sacerdote do Afroconseul (Conselho Federativo dos Cultos Afro-Umbandistas no Conesul). 
Demais lideranças e irmãos de outras casas de religião da região Sul aguardaram na frente do Gabinete junto com irmãos da Casa do Cacique Guarani, alegrando a manifestação com muitos tamboreiros e pontos religiosos.
Na reunião ficou decidido que até segunda ordem a imagem será mantida na pedreira no Cerro do Estado e além disso a Associação Espírita na Caridade, Amor e Fé está realizando um abaixo assinado de apoio e propondo que seja feito um Projeto de Lei que torne o local onde está a Imagem de Xangô em Patrimônio Cultural de Capão do Leão.

Texto e fotos: Letícia Affonso

Comentários