Região: Pedras Altas terá investimento de R$ 3,5 bilhões

O governador José Ivo Sartori anunciou, nesta terça-feira (29), no Palácio Piratini, investimento inicial de mais de R$ 3,5 bilhões para implantação de uma usina termelétrica movida a carvão no município de Pedras Altas, pela empresa Ouro Negro Energia S/A. A termelétrica terá capacidade de produção de 600MW de potência, divididas em duas unidades. 
O projeto está em fase de licenciamento ambiental e tem previsão conclusão da obra para 2020, começando a operar no ano seguinte. A construção do empreendimento gerará aproximadamente 4 mil empregos e a operação cerca de 500 vagas diretas. 
Governador anuncia grande investimento em Pedras Altas
Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini
O Governador do Estado, José Ivo Sartori salientou a importância da instalação da usina termelétrica em Pedras Altas por contribuir para o crescimento da cidade e também dos municípios vizinhos e de toda a região. “Quando uma região vai bem todos os municípios vão bem. Também vai ajudar na questão estratégica para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul, uma vez que as regiões menos desenvolvidas vão ter a oportunidade de gerar trabalho, emprego e renda, além de ajudar todo o Estado”, destacou
Com a construção da termelétrica haverá crescimento da segurança energética do Rio Grande do Sul, além de implicar redução de dependência de importação de energia, segundo o presidente da Ouro Negro Energia, Silvio Marques Dias Neto. "Este empreendimento tem aspectos extremamente importantes, porque visa à  eficiência operacional e ao resultado financeiro para seus acionistas e investidores, além de respeito e promoção socioambiental e desenvolvimento econômico regional". A empresa Ouro Negro Energia já assinou dois termos de compromisso para o fornecimento de carvão mineral, firmado com a Companhia Riograndense de Mineração (CRM), e de calcário e cal, firmado com a Companhia Brasileira do Cobre (CBC).

Com informações da assessoria de imprensa do Piratini

Comentários