Assessor da prefeitura diz que estava a serviço na reunião do PMDB

Sobre a matéria publicada no blog anteriormente (PDT apoiando Schmitt?) o assessor de imprensa da Prefeitura, em conversa com o DL, disse que realmente estava na reunião de sexta. No entanto, disse que estava a serviço particular. Relatou que fora contratado para fazer o cerimonial do evento e por isso, fez referencias à história do Partido (PMDB), bem como sua organização em 2015 e a vinda de Schmitt. Alegou que tanto o prefeito, como o PDT sabiam da sua atuação naquela reunião e que teriam autorizado. Afirmou que foi pago por tal serviço.

Presidente do PMDB disse que é desespero
O presidente do diretório municipal do PMDB de Capão do Leão disse na rede social Facebook que "o ataque é a arma dos desesperados", numa nítida alusão a postagem do DL.
Lamentável a colocação do presidente do diretório, que tem todo o respeito do editor desse Blog. Não se trata de ataques, mas sim de elucidação dos fatos. 
Este editor foi acusado por outros membros do partido como "incoerente".
Aí a pergunta: o que é coerência ou o que é ataque. Se para "uns" coerência "depende da situação que se apresenta, se é bom para mim, então concordo", isso não é coerência. É acomodação!
Muitos dos que hoje criticam esse editor, há 3 ou 4 anos, concordavam e até compartilhavam das mesmas ideias. O que mudou de lá para cá? Na realidade pouca coisa mudou, apenas a opinião das pessoas que se dizem coerentes. 
Esse editor mantém a coerência, e aqui no Blog é apartidário. O Diário Leonense foi o primeiro veículo de comunicação a falar da situação do ex-prefeito Vilmar Motta Schmitt em 2012 e o único a relatar os fatos em 2015. E foi até o fim nessa linha, sempre dentro dos ditames da ética e da moral, sem desrespeitar ninguém.
Incoerente é que dizia uma coisa antes, e hoje, pelo comodismo, pela busca de poder ou pela acomodação, aceita tudo aquilo que antes criticava e era contra. 
A política é dinâmica, mas não precisamos vender a alma ao Diabo. Antes de dizer que é desespero ou incoerência, deve-se olhar para trás e analisar tudo aquilo que fez, disse e que pretendia fazer como exemplo de cidade melhor. E principalmente, comparar com o que pensa agora!

Comentários