PTB rompe com PT e deverá ter candidatura própria

Em reunião na semana passada o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), resolveu pelo rompimento da coligação que havia com o PT. O Partido a partir de agora deverá trabalhar para uma candidatura própria para a majoritária na eleição de outubro. 
De acordo com o presidente do PTB local, Jeferson Antuarte, o nome a ser trabalhado é do ex-vice prefeito de Capão do Leão e candidato nas duas últimas eleições (a prefeito e vice) Gringo, o Elmar Manke. Conforme o presidente ainda, o rompimento se deu em virtude das conjuntaras políticas local e geral e que o PTB. Afirmou que o partido está aberto para conversações sobre possíveis coligações, tanto na majoritária, como na proporcional.

PT lamenta
Em conversa com o DL o pré-candidato a prefeito pelo Partido dos Trabalhadores (PT), o ex-vereador Mauro Nolasco, lamentou a posição tomada pelos trabalhistas. Disse que o rompimento enfraquece a oposição. Que cria muitas opções, mas nenhuma com forças para romper os 16 anos de continuísmo do PDT ou de bater o Schmitt. Que a oposição só terá condições se unir forças e trabalhar juntos nessa eleição.

Tínhamos alertado
Há tempos o DL vinha alertando sobre um possível rompimento na coligação de PTB e PT. Havia uma ala dentro do partido que não queria mais a coligação, tendo em vista todos os problemas enfrentado pelo PT em nível nacional. O PTB perdeu o vereador Fernando e havia o risco de perder o vereador Emerson, um dos mais incisivos contra a coligação. Talvez para não enfraquecer ainda mais a legenda, o rompimento era inevitável.

PT pode ter chapa pura
Se de um lado o PTB quer ter candidato próprio a prefeitura, sendo o Gringo o mais cotado, por outro, parece que o PT também já encontrou o seu vice. O nome para isso é de Gilciane Baldassari. Não há nada certo, mas é uma possibilidade. 

Comentários