Lixo contaminado não recolhido do PA pode transmitir doenças

Entra ano e sai ano e parece que a inoperância ou a incompetência continua por essas bandas. E mais uma vez os problemas envolvem o Pronto Atendimento (agora o novo PA). 
Lixo contaminado pode transmitir doenças
Isso porque o lixo contaminado, que deveria ser recolhido a cada 15 dias, não pode ser feito em virtude de um erro grosseiro do diretor de saúde. O diretor não enviou à contabilidade as Notas Fiscais para tramitação e pagamento da empresa que faz o serviço. Tampouco avisou a empresa que o PA havia trocado de endereço. Com isso a empresa não recebeu, coleta foi suspensa e o lixo contaminado se acumulou nas dependências do prédio. São pilhas de sacos de lixo. Todos podendo trazer algum risco à saúde pública.
Pela manhã o Conselho de Saúde fez uma vistoria no local, assim como o vereador Marco Aurélio, que classificou como lamentável a situação,  "que há o risco de atrair insetos e até mesmo ratos, num local onde se deve ser tratado, podendo contrair algum tipo de do
ença", explicou em sua página na rede social.
A promessa da Secretária é que ainda hoje deva ser feita a coleta. Lamentável a situação, que poderia ter sido evitada.

Comentários