Para a Festa, município importará melancia de Pedro Osório

Não é de hoje que viemos alertando para a baixa produção de melancia no município de Capão do Leão, que já foi um grande produtor. A previsão para esse ano é que se colha apenas 5 hectares da fruta mais charmosa da cidade, responsável pelo maior evento sócio-econômico do município.
Porém isso nunca havia sido admitido por ninguém responsável pela festa ou de dentro da prefeitura. Não podia nem se falar que a melancia vinha do município de Pedro Osório, onde a previsão esse ano é colher 475 hectares.
Mas os tempos parecem ser outros. Em uma matéria veiculada no saite oficial da Prefeitura, admite que parte da fruta que será consumida na 11ª Festa da Melancia e Potencialidades Regionais de 2016 virá do município vizinho. Apenas não foi especificada a quantidade de melancia que será importada.
Entre as justificativas para a baixa produção, estão a estiagem, o avanço da soja e a diminuição de produtores. As duas últimas justificativas estão corretas. Capão do Leão possui apenas dois produtores, que juntos colherão 5 hectares. O avanço da soja é uma realidade não só em Capão do Leão, mas na região toda. 
No entanto, de acordo uma reportagem especial do Jornal Diário Popular, do dia 16 de janeiro, repercutida no DL (Veja Aqui), não houve estiagem ou falta de chuva. Pelo contrário, houve precipitação em abundância, o que pode sim ter contribuído para o baixo desempenho da produção.


Festa da Melancia
A 11ª Festa da Melancia e Potencialidades Regionais ocorrerá nos dias 4, 5, e 6 de março na sede do Independente FC, junto ao Ginásio Municipal. Os ingressos custarão, na sexta-feira R$ 5,00, no sábado R$ 8,00 e no domingo R$ 10,00. Quem estiver interessado pode adquirir as pulseiras por R$ 20,00 e terá acesso em todos os dias. Os shows artísticos, assim como o 6º Levante da Canção Gaúcha estão incluídos no preço dos ingressos.

Veja a programação:

Comentários