Projeto FGTAS/Sine na Escola orienta estudantes da rede pública de ensino sobre o mercado de trabalho

O projeto FGTAS/Sine na Escola que objetiva orientar jovens adolescentes da rede pública estadual sobre o mercado de trabalho foi formalizado na tarde desta sexta-feira, 4 de março. O Termo de Cooperação Técnica foi firmado entre a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), a Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS) e a Secretaria da Educação (Seduc).
Na solenidade de assinatura do termo, o diretor-presidente da FGTAS, Juarez Santinon, destacou que o projeto é uma oportunidade para os jovens se prepararem e informarem sobre o mercado de trabalho. Ele completa que o projeto está em conformidade com o acordo de resultados da Fundação no que tange à formação de trabalhadores.
Já o secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Social, Miki Breier, ressaltou a importância do projeto e a sua adequação à política de efetivação de parcerias entre secretarias para a realização de ações de Estado que beneficiam a população gaúcha.
O secretário da Educação, Vieira da Cunha, cumprimentou a FGTAS pela iniciativa e disse que “as escolas estão abertas para a execução do importante projeto que busca orientar e preparar profissionalmente os jovens para que construam uma sociedade melhor”.

O FGTAS/Sine na Escola objetiva oportunizar preparação e conhecimento sobre o mercado e auxílio ao registro formal do trabalho, de modo a proporcionar aos jovens a inserção e o crescimento profissional e pessoal como trabalhador.
A iniciativa envolve a realização de palestras e atividades lúdicas nas salas de aula da rede pública de ensino com foco nas seguintes temáticas: elaboração de currículo, comportamento e técnicas eficazes para sucesso nas entrevistas de emprego, a importância da rede de contatos como modelo de oportunidade e crescimento, a comunicação não verbal, os benefícios de ingresso no mercado de trabalho formal, os direitos segurados e a importância da formação continuada. Também serão abordados durante os encontros os serviços prestados pela FGTAS como intermediação de mão de obra, emissão de CTPS, encaminhamento de seguro-desemprego e oportunidade de cursos de formação.

Texto: Jaíne Martins, assessoria FGTAS

Comentários