Protesto contra condições de ponte bloqueia BR 293 com RS 702, em Piratini

Um protesto que reúne cerca de cem pessoas está trancando o trevo de acesso a Piratini, no entroncamento da BR 293 com RS 702. A rodovia federal que liga Pelotas a Bagé tem esse trecho totalmente bloqueado por moradores e produtores rurais. Eles pedem melhorias na via e principalmente na ponte de acesso ao município que está interditada para caminhões e ônibus devido a buracos.
Foto: César Soares
O temporal de sábado (26) aumentou dois buracos na Ponte do Costa e, por isso, só estão trafegando carros e motos. Veículos de grande porte devem desviar pela estrada da Rubira, no 5º distrito, o que aumenta o trajeto em 13 quilômetros para chegar a Piratini.
A preocupação dos produtores rurais é com o escoamento da safra, principalmente de soja. A interdição da ponte dificulta também o transporte coletivo. Moradores que utilizam as linhas da zona rural e intermunicipal e jovens e crianças que utilizam o transporte escolar precisam fazer a travessia a pé para trocarem de veículo de um lado para o outro.  
A ponte de ferro tem 120 metros de comprimento, foi construída em 1935 e mesmo em condições de tráfego normal, permite a passagem apenas de um veículo por vez. Esta é a segunda interdição parcial da ponte em menos de um ano. 
Funcionários do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) fizeram a limpeza do local, mas segundo o órgão, os reparos só devem estar concluídos no final da semana.

Fonte/Texto: Rádio Gaúcha

Comentários