Secretaria de Obras tem oitava troca

Pouco mais de três anos de governo Cláudio, e a Secretaria de Obras continua dando dor de cabeça ao prefeito. Nesses três anos foram oito trocas na responsabilidade da pasta, com sete secretários diferentes. Os últimos três sequer chegaram a aquecer a cadeira. O nome da vez agora é do engenheiro Clair Maiche, que substituiu Erni Gehling.
O que acontece com essa secretaria? A verdade é que esse é o câncer de nosso município. É só olhar o estado em que se encontra as vias da cidade. Falta gestão. Talvez boa vontade até haja na maioria dos ocuparam a pasta, mas esbarra em algo sobrenatural; porque natural não é haver tantas trocas em um período tão curto. Considerando que a maioria pediu para sair, podemos concluir que o problema vem de cima pra baixo. 

Comentários

  1. Não seria o Prefeito que dá dor de cabeça à Secretaria de Obras? É notório que ele não demonstra ser muito chegado num planejamento decente... Ou qualquer planejamento que seja.

    ResponderExcluir

Postar um comentário