PTB e PT podem se unir de novo em Capão do Leão

Uma reunião havida ontem pode ter selado a paz no casamento de PT e PTB em Capão do Leão. PTB havia rompido com o PT no início do ano e havia lançado Gringo como pré-candidato. Agora há, pelo menos a princípio, a possibilidade de novamente dele ser vice do ex-vereador Mauro Nolasco. 
Gringo ser vice do Mauro é fácil. Difícil será convencer Gilciane abrir mão de ser pré-candidata a vice, como estava sendo divulgada pela militância petista.

Alianças "golpistas"
O Diretório Estadual do PT divulgou uma orientação para que os diretórios municipais não formassem alianças na eleição de outubro com os partidos "golpistas. Assim, são chamados aqueles partidos que orientaram suas bancadas a votarem em favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. 
Conforme essa decisão as alianças devem ser feitas com partidos da chamada "Frente Brasil Popular" e "Frente Povo Sem Medo". Na prática, o partido somente poderia coligar com PSOL, PDT, PCdoB e PCO. A orientação está registrada em cartório. 

PTB não sabe o que quer e está dividido
Um dos maiores partidos em Capão do Leão, o PTB não tem ainda definido o que quer para a eleição de outubro.
Até pouco tempo estava coligado com o PT, quebrou a aliança e lançou Gringo como candidato; agora ao que parece pode voltar a coligar com o PT.
O que se sabe, porém, é que o PTB está dividido já faz algum tempo, com muita gente disputando espaço lá dentro. Já teve gente, inclusive, que disse que se essa aliança voltar não irá concorrer em outubro.

Perguntinha básica: será que se confirma essa aliança?
Perguntinha básica 2: Gilciane abre mão da candidatura a vice, haja vista que estava tudo confirmado?



Comentários