Diretor explica situação dos médicos do PA

Leitores entraram em contato com a redação do DL reclamando que o Pronto Atendimento de Capão do Leão estaria sem médico desde às 11 horas da manhã.
Para esclarecer a situação, contatamos o diretor do PA, João Candido Azambuja, que explicou a situação. De acordo com o Azambuja, não é que tenha faltado médicos, mas sim, que aconteceram quatros emergências e o médico plantonista teve de acompanhar a ambulância até Pelotas. Azambuja ressaltou ainda que, na parte da manhã há apenas um médico plantonista, mas que o PA tem o reforço de outro médico a partir das 17 horas, ficando dois médicos a disposição da comunidade no horário de pico.

Comentários