Ex-prefeitos são condenados por atos de improbidade

Os últimos três ex-prefeitos de Capão do Leão, Cláudio Vitória, João Quevedo e Vilmar Scmitt, foram condenados pela Justiça por atos de improbidade cometidos na eleição municipal de 2008.
Na época, o então prefeito Schmitt, teria feito uso da máquina pública para beneficiar o seu candidato a prefeito, João Quevedo e a vice, Cláudio Vitória.
Na narrativa, os candidatos, contando com apoio e ciência do então prefeito, faziam doação de tubulações de cimento para construção de bueiros e aterros a particulares, utilizando maquinário e pessoal do quadro da Prefeitura para espalhar o aterro e colocar as tubulações, além de proceder à limpeza dos terrenos, com o fim de angariar votos.
Tais fatos configuram atos de improbidade administrativa.
O juiz Marcelo Malizia Cabral, sentenciou os ex-prefeitos, Vilmar Schmitt, João Quevedo e Cláudio Vitória à: a) restituição integral do dano ao erário, em valor a ser apurado, corrigida monetariamente IGPM, e acrescida de juros de 1% ao mês; b) ao pagamento de multa civil, no valor de duas vezes o valor do prejuízo; c) à suspensão dos direitos políticos pelo período de seis anos; e d) à proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual sejam sócios majoritários, pelo prazo de cinco anos.   
Da decisão ainda cabe recurso.

__________________________________________________
https://www.facebook.com/Advogado-Dr-Jesus-Madeira-233861673311368/

Comentários